Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

22º Prêmio da Música Brasileira

Publicado em 03 de junho de 2011

O Prêmio da Música Brasileira anunciou ontem a lista de indicados a sua 22ª edição. São 104 nomes, selecionados a partir dos 567 CDs e 88 DVDs inscritos e distribuídos em 16 categorias. Como já é tradição, a cerimônia de entrega do Prêmio acontece no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, no dia 06 de julho, em homenagem a um dos mais importantes compositores de todos os tempos, Noel Rosa.

Idealizado por José Maurício Machline, o Prêmio contará pelo segundo ano consecutivo com o patrocínio da Vale. Este ano, não despontou um único favorito. Nada menos do que sete artistas lideram a disputa, com três indicações cada. Zeca Pagodinho concorre a Melhor Disco e Cantor na categoria Samba, por ‘Vida da minha vida’, que traz a faixa ‘Dolores e suas desilusões’ (Monarco e Mauro Diniz), indicada a Melhor Canção. Por ‘Música de Brinquedo’, o Pato Fu está indicado a Melhor Álbum e Melhor Grupo, na Categoria Pop/rock/reggae/hiphop/funk, além de Melhor Projeto Visual. Na Categoria Instrumental, Hamilton de Holanda concorre com três trabalhos: ‘Gismontipascoal’ (Melhor Álbum), ‘Esperança – Ao vivo na Europa’ (Melhor Solista) e ‘Sinfonia Monumental’ (Melhor Grupo, para Hamilton de Holanda Quinteto e Orquestra Brasilianos).
Ainda com três indicações, Arnaldo Antunes participa com dois projetos. ‘Ao vivo lá em casa’ concorre como Melhor DVD e o CD homônimo desponta na categoria Melhor Álbum de Pop/rock/reggae/hiphop/funk. Com o coletivo Pequeno Cidadão, Arnaldo também disputa a Categoria DVD.

Outra parceria deu bons resultados: com ‘Bodas de Coral no Samba Brasileiro’, Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho concorrem a Melhor Canção com ‘Baila no ar’ (composição dos dois com André Lara), Melhor Álbum de Samba, além de Melhor Arranjador, para Paulão Sete Cordas. Por fim, Paulo César Pinheiro também obteve três indicações. Ao lado de Guinga é o compositor de ‘Banguê’ (gravada por Ilana Volcov), concorrente a Melhor Canção. Já o álbum ‘Capoeira de Besouro’ concorre a Melhor Projeto Gráfico (de Gringo Cardia) e Melhor Álbum Regional.
O segundo lugar tem nada menos que 13 artistas, todos com duas indicações. Na Categoria MPB, Roberta Sá concorre a Melhor Cantora e Melhor Álbum, por ‘Quando o canto é reza’. Na mesma categoria está Edu Lobo, indicado a Melhor Álbum, com ‘Tantas Marés’, que disputa ainda a Melhor Arranjador, para Cristóvão Bastos.

Wilson das Neves aparece em dose dupla na Categoria Samba: Melhor Cantor e Melhor Álbum, por ‘Pra gente fazer mais um samba’. Tulipa Ruiz está indicada a Revelação e a Melhor Cantora Pop/rock/reggae/hiphop/funk, com ‘Efêmera’.
A Categoria Regional é pródiga em artistas com duas indicações: Gilberto Gil (Melhor Cantor e Melhor Álbum, com ‘Fé na festa’), Vitor Ramil (Melhor Cantor e Melhor Álbum – ‘Délibáb’) e Renato Teixeira (Melhor cantor e Melhor Dupla (com Sérgio Reis), por ‘Amizade Sincera). Situação semelhante ocorre na Categoria Canção Popular: Reginaldo Rossi (‘Cabaret do Rossi’ – Melhor Álbum e Melhor Cantor), Roupa Nova (Melhor Álbum e Melhor Grupo, com ‘Roupa Nova 30 anos Ao Vivo) e Criolina (Melhor Álbum e Melhor Dupla, por ‘Cine Tropical’).
Por ‘Nos quintais do Mundo – My Community is Humanity’, DJ Tudo concorre a Melhor Álbum de Pop/rock/reggae/hiphop/funk e também a Melhor Projeto Visual. Por fim, o disco ‘Lado B’ deu a Dominguinhos e Yamandu Costa uma dupla indicação: Melhor Álbum e Melhor Solista, onde os dois disputarão o mesmo Prêmio.
Como já é uma tradição no Prêmio, o Rio de Janeiro dispara no número de indicações, com um total de 51, seguido por São Paulo, com 25, Pernambuco, com 10, e Minas Gerais e Bahia, com 6.
VALE CANTAR NOEL
Após o sucesso da primeira edição, no ano passado, o Prêmio da Música Brasileira 2011 dá nova chance aos talentos espalhados pelo Brasil, através do concurso Vale Cantar Noel!, dedicado ao ‘Poeta da Vila’. José Maurício Machline, idealizador do Prêmio, mais uma vez está coordenando o concurso e as inscrições podem ser feitas através do site oficial www.premiodamusica.com.br até o dia 15 de junho. Os interessados podem enviar um vídeo onde interpretam um sucesso de Noel Rosa, com arranjo e formação musical a critério dos candidatos. Serão escolhidos três finalistas e o vencedor será conhecido apenas na cerimônia, que acontece no dia 06 de julho, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. (com assessoria)


VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados