Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Acadêmicos da Rocinha contrata o intérprete Anderson Paz

Publicado em 28 de julho de 2010

Rio – O bom filho à casa torna. Depois de uma temporada afastado da Acadêmicos da Rocinha, Anderson Paz volta a ser a voz oficial da Borboleta no carnaval 2011. Neste ano, Anderson foi o intérprete da Paraíso do Tuiti. Ano que vem, a Princesinha da Zona Sul brigará pela sua vaga no Especial com o enredo “Rocinha! Estou vidrado em você”.

“Mesmo distante da agremiação, eu nunca esqueci da minha querida comunidade. Minha saída foi apenas uma separação temporária, um até breve. A Rocinha é uma verdadeira mãe, que está recebendo de braços abertos um filho, que retorna a sua casa”, acreditou Anderson, destacando o refrão do samba exaltação que compôs para a Acadêmicos da Rocinha: “Minha academia, minha alegria. Minha paixão é a Rocinha dentro do meu coração”.
Anderson Paz começou a cantar com 16 anos por incentivo da sua saudosa avó Eneditina de Jesus. No início da década de 90 iniciou a sua carreia de cantor como vocalista de grupos de pagode e samba de raiz como “Só Preto, sem Preconceito”, “Bagagem”, “La samba” entre outros. Anderson estreou no carnaval em 1993 como intérprete do bloco “Mataram meu Gato” (hoje conhecido como Gato de Bonsucesso).
No ano seguinte, foi à Portela e desfilou como apoio no carro de som da agremiação até o ano 2000. Neste mesmo ano, ele debutou como intérprete oficial no Carnaval do Rio de Janeiro, defendendo o samba da Lins Imperial. E a estréia não poderia ter sido mais recompensadora. Anderson recebeu o prêmio S@mba-Net como melhor intérprete do grupo de acesso B.
No Carnaval de 2001, Anderson foi a São Clemente e defendeu a escola por quatro carnavais consecutivos, sendo campeão do Grupo de Acesso A nas edições de 2001 e 2003. Em seguida, passou a fazer parte da família da Acadêmicos da Rocinha no Carnaval de 2005. Pé quente, a escola se consagrou campeã do Grupo de Acesso A, garantindo vaga no Especial.
No ano seguinte, ele também defendeu o samba da agremiação de São Conrado. Em 2007, o intérprete teve breves passagens por Estácio de Sá e Caprichosos. Retornando a Borboleta para o carnaval de 2008, permanecendo em 2009.

VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados