Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Pedro de Rosa Morais homenageia Cartola em show do Conexão Vivo

Publicado em 29 de abril de 2012

BA - O samba carioca de Cartola será cantado pelo intérprete baiano Pedro de Rosa Morais no próximo show do Conexão Vivo na Sala do Coro, no dia 30 de abril, no Teatro Castro Alves (TCA), às 20 horas. A apresentação é a 11ª do projeto, que revela e dá oportunidade a novos talentos da música baiana mostrarem seus trabalhos. Os ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia-entrada) e devem ser adquiridos a partir das 18 horas do dia do evento no teatro.

Vencedor  da votação popular para integrar a grade do Conexão Vivo na Sala do Coro, o cantor mostrará o elogiado show em homenagem ao centenário do compositor carioca que já circulou pelos palcos do Teatro Gamboa Nova, Vila Velha, e para o extinto Tom do Sabor. A direção do espetáculo fica por conta  do músico Jelber Oliveira.
Grandes sucessos de Cartola como “Fala Mangueira/ Alvorada”, “Os Tempos Idos”, “As Rosas não Falam”, “O Mundo é um Moinho”, “O Sol Nascerá”, “Disfarça e Chora”, “Tive Sim” e “Peito Vazio”, estarão no repertório do show no TCA. A única música do show que não é de autoria de Cartola é “De quem é esse Samba”, do baiano Marquinho Carvalho.
A homenagem ao sambista carioca, considerado por Vila Lobos como o renovador da canção brasileira nos anos 40, tem um motivo especial. Apesar de o centenário de nascimento ter sido comemorado em 2008, Cartola tem um significado importante para o intérprete baiano. “Ele era um artista politizado, que trabalhava pelo Morro da Mangueira e não se vendia. É um exemplo para todos os artistas”.
Na apresentação, Pedro será acompanhado pelos músicos Vanessa Melo (clarineta), Marcelo Tribal (percussão), Cuca (percussão), Léo Brasileiro (violão) e Jelber Oliveira (teclado,  acordeon e também responsável pela direção musical).
Carreira – O primeiro contato de Pedro de Rosa Morais com o meio artístico foi aos 17 anos, quando ele passou a integrar o coro de São Bento e depois do coral performático Devir, cantando e atuando. Aos 27, passou a fazer parte da Companhia Brasil de Teatro, grupo que o impulsionou a  dar o ponta-pé inicial em sua carreira musical.
Foi por causa de um projeto para homenagear Cartola, da Companhia Brasil de Teatro, há quatro anos, que Pedro decidiu fazer shows em Salvador com as canções daquele que foi considerado por vários músicos e críticos como o maior sambista brasileiro. Os planos da Cia não foram adiante e ele resolveu então dar continuidade ao projeto sozinho. A partir daí, passou a cantar mais do que atuar.
Com o sucesso do show em homenagem ao centenário do artista, Pedro Rosa passou a reunir composições de artistas baianos de bossa-nova e samba, como Ray Gouveia, Marquinho Carvalho, Jarbas Bittencourt e Deco Simões, e hoje se prepara para finalizar seu novo show “Bossas e Sambas”.
Influenciado pelos trabalhos de Caetano Veloso, Gilberto Gil, Cássia Eller e Cazuza, dentre outros artistas brasileiros, o músico também canta, em seu show, composições de grandes nomes do samba, como os baianos Batatinha e Ederaldo Gentil e o carioca João Nogueira.
AGENDA DE SHOWS
30/04 – Pedro de Rosa Morais
07/05 – Marcela Bellas
SERVIÇO:
Conexão Vivo na Sala do Coro 2012
Atração: Pedro de Rosa Morais
Local: Sala do coro do Teatro Castro Alves
Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, Salvador-Bahia
Horário: 20 horas
Ingressos: R$8 (inteira), R$ 4 (meia-entrada) – vendidos na bilheteria do Teatro Castro Alves

VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados