Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Evento no Pelourinho comemora 90 anos do sambista Riachão

Publicado em 13 de novembro de 2011

Por Verena Paranhos
BA – “Vamos gente, pra Cantina da Lua”, verso de Riachão, convoca os fãs e amigos do baiano para comemorar, nesta segunda-feira (14), seu aniversário de 90 anos. O evento, batizado de Riachão Noventão, acontece no famoso restaurante Cantina da Lua, no Largo Terreiro de Jesus, Pelourinho, Centro Histórico.
Na noite de samba, amigos de Riachão sobem ao palco para cantar sucessos do músico, que canta a Bahia como ninguém, há mais de 60 anos. Já tem presença confirmada de Tote Gira, Claudete Macedo, Jota Velloso, Clécia Queiroz, Grupo Barlavento, Grupo Sovaco de Cobra, Surama Albuquerque, Vicente de Paula, Agnaldo Santana, Mario Uloa, Mara Nascimento, Valter Queiroz, Firmino de Itapuã, Armandinho Macêdo, Gal do Beco, Juliana Ribeiro e ainda Paulinho Kaká.
“As figuras que a gente convida em nome de Riachão se emocionam. Ele tem uma importância extraordinária na música popular brasileira. Onde está derrama alegria e contagia as pessoas”, lembra Clarindo Silva, um dos organizadores das comemorações.
Vitalidade aos 90 – “Riachão está muito animado para a comemoração. Até compôs a letra de uma música para cantar no aniversário”, antecipa Jacson Paim. Na música inédita, ele retrata a felicidade de completar 90 anos e “mostra que já está esperando chegar aos 100. É uma letra bem divertida”.
Segundo Clarindo Silva, proprietário da Cantina da Lua, o sambista costuma dizer que o local escolhido para a festa não poderia ser diferente, já que Riachão costuma dizer que a cantina é uma de suas casas: “Entre uma música e outra, vamos cantar parabéns, cortar o bolo e abrir uma champanhe para comemorar a data especial”.

Com músicas gravadas por grandes nomes da MPB, Riachão é uma referência do samba tradicional

Além de música, a festa será marcada por outras homenagens. Ailton Ferreira, secretário da reparação, faz um breve histórico sobre a vida de Riachão e a psicanalista e poetisa Stael Machado declama uma poesia em homenagem ao aniversariante. Para Clarindo Silva, este tipo de evento é importante em um momento em que se briga pela revitalização do Centro Histórico.
Vida de samba Riachão nasceu Clementino Rodrigues, na comunidade Língua de Vaca, bairro do Garcia, no dia 14 de novembro de 1921. O apelido surgiu na infância: por causa da fama de brigão, costumava ouvir dos mais velhos na hora das brigas o ditado popular “você é algum riachão que não se possa atravessar?”. Mas além de valente, o menino desde cedo começou a mostrar intimidade com o samba.
Irreverente, Riachão fez trajetória no rádio e cantou a Bahia em três discos gravados: Samba da Bahia com Batatinha e Panela (Philipis, 1973), Sonho de Malandro (Tapecar, 1981) e Riachão (Caravelas, 2001). Suas composições foram gravadas por nomes como Jackson do Pandeiro, Caetano, Gilberto Gil, Cássia Eller e Dona Ivone Lara e Tom Zé.

Serviço

Riachão Noventão
Segunda, às 19h
Cantina da Lua 
Endereço: Praça Quinze de Novembro, 02 – Largo Terreiro de Jesus – Pelourinho – Salvador/BA
Telefone: (71) 3241-7383  
R$ 3 (couvert)


VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados