Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Fabio de Mello: ‘A comunidade da Beija-Flor me queria’

Publicado em 31 de maio de 2010

POR RAPHAEL AZEVEDO

Rio – Nome cotado para assumir a comissão de frente da Beija-Flor, Fabio de Mello ficou insatisfeito com a forma como foi feita a escolha do novo responsável pelo grupo. Segundo ele, a escola fez um verdadeiro ‘leilão’ antes de oficializar a contratação de Carlinhos de Jesus. Com passagens por escolas como Imperatriz e Mocidade, Fabio criticou também a veiculação de notícias que diziam que ele havia enviado currículo para a diretoria da azul-e-branco, quando na verdade ele foi contatado pela própria agremiação.
“Não preciso entregar currículo para ninguém. A Beija-Flor me ligou e me convidou para uma reunião. Achei que eu era o candidato único para vaga e só depois é que soube que tinham vários candidatos. Acabou que houve um leilão. A comunidade me queria, pois me encheram de mensagens. Recebi mais de 100 e-mails de apoio e soube que tinha até um abaixo-assinado dos torcedores. De qualquer forma foi uma grande honra ter sido lembrado pela Beija-Flor e ter conversado com o Laíla”, revelou.
“A Mocidade destruiu minha carreira no Carnaval”
Apesar da situação, Fábio elogiou o contratação de Carlinhos de Jesus. No entanto, ele não escondeu a mágoa com o fato de não ter sido escolhido. “Seria minha volta para o Carnaval. Tinha me preparado para ocupar a vaga, mas entendo a escola. O Carnaval me deu muitas alegrias, mas também muitas tristezas. Isso me fez mudar minha opinião e agora vou me dedicar a outros projetos. Não quero mais participar de leilão em nenhuma escola. A Mocidade destruiu minha carreira no Carnaval e agora vou dar adeus à Sapucaí”, completou.

VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados