Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Festival de Samba e Choro em Macaé

Publicado em 25 de junho de 2011

O chorinho – estilo musical genuinamente nacional – e o samba, invadirão a cidade de Macaé entre os dias 27 de junho e 03 de julho de 2011 (segunda domingo). Na ocasião, será realizada a 4ª edição do Festival Cultural Benedicto Lacerda, que contará com shows, exposições, palestra e oficina musical. O evento, criado em homenagem ao grande compositor, flautista e diretor musical macaense que dá nome ao festival, é produzido pela Usina de Fomento Cultural e é patrocinado pela Petrobras e pela UTE Norte Fluminense.

A abertura do festival será marcada por uma exposição itinerante que contará a vida de Benedicto Lacerda através de fotografias. No segundo dia, o músico e pesquisador Rubem Pereira apresentará a biografia do compositor aos alunos da Escola Municipal Joffre Frossard. A programação musical terá início a partir do dia 29, com a apresentação dos grupos Só Samba e Bico da Coruja, em palco armado na rua que leva o nome do ilustre macaense.

Benedicto Lacerda

Todos os shows que compõem o Festival Benedicto Lacerda serão ao ar livre e totalmente gratuitos. Em 2012, o festival terá o patrocínio do Programa Petrobras Cultural.
Benedicto Lacerda-Nascido em Macaé, em março de 1903, Benedicto Lacerda foi criado na cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente no bairro do Estácio onde, muito cedo, conheceu Noel Rosa, Ismael Silva e outros sambistas. Já adulto, Benedicto Lacerda alistou-se no Corpo de Bombeiros, integrando a banda da corporação como flautista.
Depois de pedir baixa na carreira militar, o músico foi tocar com o grupo regional Boêmios da Cidade, tendo acompanhado, inclusive, a vedete americana Josephine Baker, quando de sua turnê pelo Brasil. No início da década de 30, Lacerda organizou o grupo Gente do Morro, caracterizado pelos efeitos de percussão e solos de flauta. A seguir, formou o Conjunto Regional Benedicto Lacerda, que acompanhou nomes como Carmen Miranda, Francisco Alves e Silvio Caldas.
Na década de 40, Benedicto registrou uma série de gravações antológicas em parceria de flauta e sax com Pixinguinha. Seus sucessos foram gravados por artistas de expressão como Dalva de Oliveira e Ademilde Fonseca. Benedicto Lacerda morreu em um domingo de carnaval de 1953.

Programação do Festival Cultural Benedicto Lacerda em Macaé

27/06
- 20h – Abertura Oficial- Galeria de Artes Hidemburg Olive – Av. Rui Barbosa, 780 – Centro, Macaé;

28/06
- 19h30 – Palestra para Estudantes com o músico Rubem Pereira – Escola Municipal Jofre Frossard;

29/06
- 20h – Show com o Grupo Só Samba;
- 21h30 – Roda de samba e choro com a Turma do Bico da Coruja Rua Benedicto Lacerda;

30/06
- 20h – Show com o Grupo Palafita – Praia dos Cavaleiros;

01/07
- 20h – Show com o Grupo Choro na Feira  – Praia dos Cavaleiros;

02/07
- 9h – Oficina com o Grupo Choro na Feira;
- 12h – Apresentação com os alunos da Oficina Sociedade Musical Nova Aurora Av. Rui Barbosa, 551 – Centro, Macaé;
- 20h – Show com o Coletivo Só Para Moer e Rildo Hora. Participações especiais do jornalista Sérgio Cabral e Jorginho do Pandeiro, diretor do conjunto Época de Ouro – Praia dos Cavaleiros;

03/07
- 15h – Show com o Grupo Regra 3 – Praia dos Cavaleiros.

(Fonte: http://www.macaecvb.com.br/arquivo/Festival_Benedicto_Lacerda.pdf)


VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados