Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Gilsinho revela que demora das eleições na Portela motivou demissão

Publicado em 03 de abril de 2013

Por Gustavo Ribeiro

O intérprete Gilsinho foi oficialmente confirmado, no final da manhã desta terça-feira, como a voz que vai defender a atual escola de samba campeã do Rio no Carnaval 2014. Procurado pelo SRZD-Carnaval antes do anúncio oficial pela presidência da Vila Isabel, o sambista tentou preservar a novidade enquanto pôde.
“Ainda não dá para adiantar! A gente está vendo a possibilidade e vamos ver o que acontece. Até o fim do dia vamos ter uma resposta”, disse o cantor, minutos antes de o presidente da Vila, Wilson Alves, confirmar o que já era esperado. “Impossível não se envolver com os sambas interpretados por Gilsinho. Ele realmente fez um excelente trabalho nos anos em que esteve na Portela. E não é só um ótimo intérprete, é ainda um grande músico. Será, sem dúvida, a voz da Vila Isabel por muitos anos”, comemorou Wilsinho.
Carioca da Vila da Penha, Gilsinho tem praticamente a Portela no sangue. Ele é filho do músico Jorge do Violão, baluarte da azul e branca de Madureira, e afilhado do sambista Casquinha, outro integrante da Velha Guarda da escola. No entanto, depois de defender os sambas-enredo da líder de títulos do Carnaval carioca durante oito anos – a Portela emplacou 21 campeonatos -, ele confidenciou ao SRZD-Carnaval o motivo que o levou a pedir demissão. “Passou o tempo. Acho que a Portela está passando por uma fase muito difícil. Essas eleições vão ser uma coisa muito complicada, então eu preferi me afastar antes”, contou Gilsinho.
O intérprete revelou que ficou preocupado com o fato de as eleições para a presidência da agremiação só serem realizadas em maio. “Para mim, o que pegou foi a demora, marcaram uma data muito distante, uma eleição que só vai rolar em maio… Quase quatro meses de espera, ia ser meio complicado. Essa distância da eleição foi o fator mais forte para minha saída”, explicou.
Gilsinho garantiu que saiu da Portela sem conflitos com a diretoria e com o presidente Nilo Figueiredo. O artista agradeceu ainda à comunidade que trabalhou com ele ao longo de quase uma década.
“Eu fiz um trabalho bem legal na Portela e tenho consciência disso. Agradeço a todos os segmentos da escola, às baianas, à bateria, às crianças… Agradeço em especial à nossa comunidade, que já sofre bastante com esse jejum de tantos anos sem o campeonato (o último foi em 1984). Sempre foi uma comunidade muito guerreira e presente nos ensaios. Meu muito obrigado a todas as pessoas que fizeram parte da minha vida na Portela nesses oito anos”, declarou o ex-portelense, ainda guardando segredo sobre a contratação na Vila. “Agora é vida nova. Vamos ver para onde eu vou, O futuro está bem próximo de ser revelado”.
Após a oficialização de sua chegada à Vila Isabel, o intérprete comentou o novo desafio. “Estou feliz com a mudança de ares! A Vila é uma escola conceituada, estruturada e estou vindo com a intenção de somar. Espero que a comunidade goste do meu trabalho. Vestirei a camisa, darei o melhor de mim. Isso é certo!”.
Um carioca que ‘cresceu’ em terras paulistas
O carioca Gilson da Conceição, mais conhecido como Gilsinho, nasceu em 1970 e era a voz oficial da Portela desde 2006. Apesar de ter sangue portelense na veia – ele é filho e afilhado de baluartes da azul e branca -, a carreira do intérprete ganhou impulso no Carnaval de São Paulo, onde ele assumiu o primeiro microfone da Vai-Vai nos anos 2001 e 2002. Depois disso, Gilsinho também passou pelas escolas Barroca Zona Sul e Vila Maria, de onde saiu para abraçar a Portela.
Gilsinho atuou pela primeira vez no Carnaval como apoio da própria Portela, em 1993, e da Beija Flor. Ex-integrante do grupo de pagode “Fora de Série”, o artista conquistou, em 2012, o Prêmio Estandarte de Ouro e o Prêmio SRZD-Carnaval de Melhor Intérprete.

VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados