Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Luizinho Andanças já é da Mocidade

Publicado em 25 de março de 2011

Rio – A Mocidade Independente tem um novo intérprete oficial. Trata-se de Luizinho Andanças, que se desligou da Unidos do Porto da Pedra, após sete carnavais consecutivos à frente do microfone principal da agremiação de São Gonçalo. Luizinho acertou sua contratação na noite desta quarta, 23, no barracão 10 da Cidade do Samba, em reunião com o presidente Paulo Vianna e o diretor de carnaval Ricardo Simpatia.

Andanças é cria da Zona Oeste, área onde viveu sua infância e somente se ausentou por motivos de trabalho. Hoje ele comemora o retorno à sua raiz: “Sou de Santa Cruz! Somente me ausentei quando fui trabalhar em São Paulo, e para ficar mais perto do Porto da Pedra. Hoje moro em São Gonçalo, mas não nego o amor pelo local onde me criei”.

Mocidade em festa: Paulo Vianna e o novo intérprete

Sua estréia na avenida foi em 1999, no Paraíso do Tuiuti, como apoio do não menos talentoso Ciganerey, hoje na Estação Primeira de Mangueira. Como cantor principal, a oportunidade não poderia vir de outro lugar: Andanças estreou como primeiro intérprete da Santa Cruz em 2002, após dois anos como integrante do carro de som da escola. De cara logo arrebatou o título de campeão do Grupo de Acesso, assegurando à escola a vaga entre as “grandes agremiações”.

Em 2003, Andanças cantou pela primeira vez no Grupo Especial, interpretando a obra que exaltava o teatro, no enredo “Do Universo Teatral à ribalta do carnaval”. Para o carnaval 2005, a Unidos do Porto da Pedra investiria alto no desfile e o contrata para assumir o posto de primeiro intérprete. A missão era o enorme desafio de levar para a Sapucaí o clássico “Festa Profana” da União da Ilha do Governador, e o resultado não poderia ser outro se não o sucesso e um casamento que duraria sete anos.

Luizinho Andanças assume o posto que em 2011 fora de Nêgo e de Richahs, que se desligaram da escola na manhã desta quarta, 23. Nêgo permaneceu na Mocidade por dois carnavais, já Richahs ficou somente um ano, onde dividiram brilhantemente o microfone principal.

O novo intérprete da Mocidade, na verdade é um velho conhecido dos torcedores e componentes da escola, já que por cinco anos participa da disputa de sambas de enredo, sempre defendendo alguma obra concorrente, inclusive os sambas vencedores em 2010 e 2011.

“Sinto-me leve e feliz por estar na Mocidade, é como voltar à raiz. Sempre admirei esta escola e fazer parte desta casa é uma grande honra. Sou uma pessoa que preza muito a palavra e me dedico bastante ao que me proponho a fazer. Agradeço ao Porto da Pedra pelo carinho de sempre e por tudo que vivi lá. Saí pela porta da frente como entrei, e tenho a certeza de estar deixando esta mesma porta encostada”.


VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados