Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Marco Lira deve deixar a Viradouro

Publicado em 19 de abril de 2010

Ramiro Costa

Marco LiraUma bomba pode estourar pelas bandas de Niterói ainda esta semana. O presidente da Viradouro, Marco Lira, deve deixar a direção da escola e uma carta de renúncia já estaria pronta. Nela, o dirigente passaria o cargo para o irmão, Guto Lira, até uma nova eleição ser marcada ainda este semestre. Atualmente, Guto Lira ocupa a vice-presidência da Viradouro.

Nos bastidores de Niterói, o nome da ex-rainha de bateria Luma de Oliveira surge mais uma vez como possível candidata para sucessão de Marco Lira. Em maio de 2008, a empresária chegou a concorrer à presidência, mas desistiu da candidatura antes da votação. A eleição acabou sendo vencida por Marco Lira. Luma de Oliveira receberia o apoio da família do ex-comandante da Viradouro, José Carlos Monassa, falecido em 2005. No mesmo ano, o inspetor da Polícia Civil Marco Lira – considerado o braço direito de Monassa – assumiria a presidência.

Após três carnavais longe do Sábado das Campeãs, a administração Marco Lira vem sofrendo com a pressão da comunidade de Niterói. Principalmente, após a escola perder importantes nomes como o intérprete Dominguinhos do Estácio, o mestre de bateria Ciça e o afastamento do compositor Gusttavo Clarão, campeão oito vezes de samba-enredo da Viradouro. Desde 1991 no Grupo Especial, a Viradouro caiu este ano para o Grupo A, após realizar um desfile plasticamente bem inferior em relação às outras agremiações concorrentes.

A equipe de reportagem (SRZD-Carnavalesco) tentou entrar em contato com Guto e Marco Lira para comentar sobre o assunto, mas eles não atenderam os telefones durante a tarde desta segunda-feira.


VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados