Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Mestre da Curicica conta detalhes da preparação: ‘Nós vamos para incomodar’

Publicado em 16 de janeiro de 2013

Por Rafael Arantes

Rio –  Enquanto muitas baterias seguem em seu oitavo mês de preparação para o carnaval de 2013, os ritmistas da União do Parque Curicica vem realizando um novo trabalho há apenas quatro meses. Após a chegada de Luiz Alberto, o Mestre Lolo, os integrantes da bateria da agremiação da Zona Oeste se dedicam em uma nova e difícil empreitada. Mestre vencedor do prêmio Sambanet em 2007, ao comandar a bateria da Vizinha Faladeira, Lolo aceitou um desafio mais complicado desta vez, já que o convite surgiu já no meio da temporada de preparação das escolas.
Com cerca de apenas 100 dias para desenvolver todo um trabalho, Lolo vem apostando na presença e colaboração de amigos sambistas para alcançar o sucesso de mais um desafio. Diretor na equipe de mestre Marcão, no Salgueiro, Luiz Alberto aceitou o convite para comandar a bateria da Curicica no final de outubro, e desde então, passa a dedicar as noites de quinta-feira para efetuar seus ensaios na quadra da escola.
Na última segunda, Lolo comandou o ensaio da bateria na Marquês de Sapucaí e ficou satisfeito com mais uma etapa do trabalho sendo realizada. Durante o ensaio, o mestre contou com a presença de diversos amigos e colegas de profissão para mais um dia de preparação para o carnaval. Em conversa exclusiva com o Dia na Folia, o comandante da Tricolor da Zona Oeste abriu o jogo e comentou um pouco das etapas do trabalho para o desfile deste ano.
“Sinto uma emoção forte por parte deles, que estão muito satisfeitos de participar. Agora eles têm responsabilidades, sabem disso e estão se dedicando ao máximo”, conta Fernando Gutman.
A Unidos do Jacarezinho será a primeira escola a desfilar na sexta-feira de carnaval na Marquês de Sapucaí, pela Série A, com o enredo “Puxador, não, Intérprete! Por Mestre Jamelão”, de autoria do carnavalesco Marcus Ferreira.
Como surgiu o convite para assumir o comando da bateria da Curicica?
Bom, eu tive uma conversa com o Washington, da Inocentes de Belford Roxo, onde ele me perguntou se eu teria interesse de assumir alguma bateria no momento. Após essa nossa conversa ele acabou me indicando para a diretoria da escola, que decidiu me convidar. Existiram algumas conversas para acertar os detalhes mas não foi nada muito complicado. É uma honra ter novamente esta oportunidade.
Como é estar trabalhando na mesma escola que sua esposa?
É muito legal. Agora mesmo estávamos conversando sobre os ensaios e projetos, imaginando como será no grande dia. Eu e a Mara – porta-bandeira da escola – estamos sempre juntos, e esta será mais uma empreitada na nossa vida. Vamos seguir nos dedicando, perdendo noites de sono, juntos e focados. Temos a confiança de que tudo dará certo no final.
Você assumiu a bateria da Curicica apenas no final de outubro. Ter menos tempo para trabalhar te preocupa em algo?
Acho que o mais complicado é conseguir reunir todo o pessoal. Montar um trabalho é sempre algo complicado, tem todo um processo de desenvolvimento. Estamos preparando a bateria da Curicica com calma e dedicação. Claro que seria ótimo ter um tempo maior para trabalhar, mas nosso empenho e o desejo para que tudo dê certo falará mais algo que as complicações.
Como você se sente recebendo o apoio de tantos outros colegas de profissão?
É muito bom ter amigos, poder contar com eles. Como sempre dizem: quem tem amigo não morre sozinho. E esse é o grande ideal. Damos moral lá, eles colaboram aqui, sempre um ajudando o outro. É incrível ver que tenho eles do meu lado, só tenho a agradecer. Será uma grande força poder contar com eles junto ao nosso trabalho aqui na Curicica.
Qual sua grande aposta na bateria para o dia do desfile?
Será um samba reeditado, há toda uma preparação diferente. Óbvio que faremos diversas adaptações para que o trabalho funcione. Utilizaremos um andamento mais à frente do que foi desempenhado na época, por exemplo. Estamos com três paradinhas, curtas, mas dentro do samba, fáceis, mas que vão causar seu impacto. Mas nossa grande aposta é o ritmo, conseguir executar uma boa cadência. Passo a passo, nós iremos trabalhando, nos estruturando. Estamos na busca pelo sucesso, e vamos incomodar.
A União do Parque Curicica será a quinta escola a desfilar no dia 8 de fevereiro, primeiro dia de apresentações das escolas da nova Série Ouro do carnaval carioca.

VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados