Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Parabéns, União da Ilha! Escola completa 60 anos

Publicado em 07 de março de 2013

Por Gabriel Matturo

“É hoje o dia da alegria e a tristeza nem pode em chegar…”, diga o espelho da Ilha se existe alguém mais bonita que a tricolor insulana. O SRZD-Carnaval parabeniza o Grêmio Recreativo Escola de Samba União da Ilha do Governador pelo os seus 60 anos de alegria, irreverência e bom Carnaval.
História
Maurício Gazelle, Orphillo Bastos e Joaquim Lara, em 1953, tiveram a ideia de fundar uma escola de samba com os amigos que jogavam futebol no time do União, na Ilha do Governador. Primeiramente, os amigos queriam disputar apenas o Carnaval insulano que tinha escolas como a Unidos da Freguesia, Império da Ligação, Paraíso Imperial e Unidos da Cova da Onça.
Uma reunião, realizada no dia 7 de março de 1953 e composta por 59 sócios fundadores, deu origem ao Grêmio Recreativo Escola de Samba União, com Maurício Gazelle como primeiro presidente da agremiação. Já em 1954, em seu primeiro desfile, a União conquistou o título com o enredo “Força Aérea Brasileira”, vencendo todos os Carnavais da região e, em 1959, obtendo o hexacampeonato do Carnaval insulano.
Com tamanho sucesso na região, a União se inscreveu na Associação das Escolas de Samba, em 1959, visando os desfiles de 1960, quando estreou no Grupo 3, na Praça Onze, já batizada de “União da Ilha do Governador”, ficando em terceiro lugar.
Com o enredo “Lendas e Festas das Yabás”, de 1974, a União da Ilha do Governador consegue a tão sonhada vaga no Grupo Especial, que na época era chamado de Grupo 1, estreando na elite do Carnaval em 1975 com o enredo “Os Confins de Vila Monte”, conseguindo o novo lugar e permanecendo no grupo.
A União da Ilha do Governador jamais conquistou um título do Grupo Especial, mas tem em sua história desfiles e sambas marcantes, como “Festa Profana”, de 1989, que deu a ela a sua melhor colocação na história, um terceiro lugar, e “É Hoje”, de 1982, na qual o seu samba é cantado por todos até os dias atuais.
Odilon: “Foi na União da Ilha que surgiu o Mestre Odilon”
Mestre Odilon, dito por muitos como o “Mestre dos mestres”, cresceu e tem um identificação com a sessentona, porém jovem, União da Ilha do Governador. Ele abriu o coração para o SRZD-Carnaval e desejou um bom aniversário aos torcedores insulanos.
“A Ilha foi a escola que eu aprendi tudo, foi lá que surgiu o Mestre Odilon. Ela é a escola que enriqueceu o Carnaval carioca, levou muitas novidades. Foi ela que me projetou. Aos poucos estamos chegando ao tão sonhado título, o Ney tá fazendo um grande trabalho, sem vaidade. Esse ano tivemos alguns problemas, mas já superamos e vamos melhorar em cima disso”, disse.
Odilon aproveito para desejar um ótimo dia os torcedores insulanos e a própria União da Ilha do Governador e ressaltou que a escola está andando para frente.
“Eu desejo muitas felicidades e coisas boas para os torcedores e para a própria escola. Todo mundo tem um carinho muito grande pela União da Ilha e desejo a todos que estão aqui que seja um aniversário feliz. Reafirmo que a escola está no caminho certo”, finalizou.
Em 2013, a escola apresentou o enredo “Vinícius, no Plural. Paixão, poesia e Carnaval”, do carnavalesco Alex de Souza, fazendo uma homenagem ao poeta Vinícius de Moraes. A União da Ilha ficou com a nona colocação.

VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados