Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Presidente da São Clemente: ‘Escola fez o desfile com garra, coragem e raça’

Publicado em 19 de fevereiro de 2010

Por Elisa Magaldi

São ClementeA festa começou na quadra da São Clemente, campeã do Grupo de Acesso A de 2010. Os torcedores vão enchendo a quadra aos poucos e, muito empolgados, entoam: “a São Clemente voltou”. Quem já estava lá para comemorar era o puxador da escola, Igor Sorriso. Chorando, ele falou com a reportagem.

“Há dois meses eu trabalhava no apoio da escola, e há um mês fui chamado para ser o puxador”, disse. Muito emocionado, ele não conseguia esconder as lágrimas. E complementou se dizendo sortudo. “Acho que tenho sorte, porque no primeiro ano em que fui chamado para ser intérprete da São Clemente, a escola subiu”, vibrou.

* Veja a galeria de fotos da festa na quadra

São ClementeMarquinho, diretor de harmonia da escola, afirmou que não esperava a vitória. “A gente fez um desfile regular, tínhamos esperanças, mas com humildade. A gente ainda está comprando as coisas, porque a gente não esperava essa vitória, mas está chegando cerveja e gelo pra não passar em branco esse titulo tão especial”, disse.

Roberto Almeida, vice-administrativo, disse que achou a conquista merecida. “A gente esperava o título desde 2008 quando a São Clemente caiu. Cada título é valorizado como se fosse o primeiro. O amor pela escola passa de pai para filho, e esta é a terceira geração dos Almeida. A conquista foi alcançada de maneira honesta. O resultado valoriza o trabalho bem feito da escola. A Itaipava está mandando 5000 latinhas de cortesia”, afirmou.

“A escola fez o desfile com garra, coragem e raça. Todos os componentes foram essenciais para a vitória. Mas apesar de confiante a gente não tinha festa preparada e mandamos comprar cerveja agora. Preciso de 10 dias para começar a pensar no grupo especial. Agora estou morrendo de saudade da minha mãe, eu não parei de trabalhar um dia, mas estou muito realizado”, falou o presidente Renato Almeida, com a alegria estampada no rosto.

Casal de mestre-sala e porta-bandeira comemora

São ClementeQuem também teve muitos motivos para vibrar com o título na quadra da escola foi o casal de mestre-sala e porta-bandeira, Jaqueline e Marcelo. “É meu primeiro ano na São Clemente com o Marcelo. Estou muito feliz. A gente estava ensaiando muito desde outubro e no final deu tudo certo. Foi maravilhoso”, disse Jaque.

Já Marcelo frisou o fato de já desfilar pela agremiação de Botafogo há 14 anos. “Adorei o enredo, a irreverência é a marca registrada da escola, que veio com um tema bem atual. Tenho muito orgulho de fazer parte dessa família clementeana. Hoje só quero comemorar”, vibrou Marcelo.

Integrante da comissão de frente vibra

Compartilhando da alegria geral na quadra, Weverton Pereira, um dos componentes da comissão de frente da escola, afirmou que nem acreditou quando soube da conquista. “A gente estava ensaiando cinco horas por dia, desde novembro. O Caio (Caio Nunes, responsável pela Comissão de frente) é muito exigente, sério e faz com que cada um incorpore o personagem. Mas o clima sempre foi de muita amizade e parceria. Foi demais, nem acreditei. Quando entrei na Avenida meu coração bateu muito forte. Era muita responsabilidade, eu era muito novo e o pessoal já se conhecia há muito tempo, já tinha sintonia. Mas me sai bem”, comemorou o dançarino.

Veja a emoção de componentes da escola com a conquista da vaga na elite do carnaval carioca

Mestre Gil: “É muita emoção depois de um trabalho tão duro, de muita insistência. Agradeço a todos da escola. Eu sempre acreditei no nosso trabalho e estou feliz demais”.

Luís Carlos (compositor): “Quero agradecer a todos os membros da escola. É uma emoção conquistar o campeonato e voltarmos ao Grupo Especial”.

Marquinho Gravino (compositor): “Muitas pessoas da imprensa nos menosprezaram, mas hoje mostramos que devemos ser respeitados e que temos muito valor”.

Marcelo (compositor): “A São Clemente levou o choque de ordem para a Avenida. E fora da Sapucaí foi um aprendizado para o carioca. Devemos nos educar, ainda tem muita coisa para ser melhoradas, mas este ano já foi um avanço”.


VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados