Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Príncipe do Pagode retoma sua história de amor com os cariocas

Publicado em 08 de abril de 2010

Príncipe do Pagode retoma sua história de amor com os cariocas

POR SARA PAIXÃO

Rio – Radicado em São Paulo há 27 anos, Reinaldo, o Príncipe do Pagode, retomou sua história de amor com os cariocas. Nos últimos seis meses, o cantor lota as casas de show por onde passa. Na próxima sexta-feira, ele inicia sua maratona de apresentações no Parada da Lapa e segue para o Espaço São Jorge, em São Gonçalo.

No sábado, é atração do projeto Criolice, em Padre Miguel, e da Feijoada da Mangueira. Domingo, canta no Pagode da Tia Doca, em Madureira.

“Fico feliz de ser reconhecido novamente. Fazia tempo que não sentia todo esse calor. E isso me magoava profundamente. O sentimento era de frustração e meu sonho era fazer sucesso no Rio”, conta Reinaldo, carioca do bairro de Cavalcanti. Depois de tocar com Dona Ivone Lara, Arlindo Cruz e Almir Guineto, o músico partiu para voo solo em 1982.

 “Quando conheci a noite de São Paulo, fiquei louco. O músico ganha mais do dobro que no Rio”, explica ele, que levou os pagodes de mesa para a Terra da Garoa. “Olha, 70% do samba raiz produzido é consumido por São Paulo. Eu, Lecy Brandão e Fundo de Quintal fazemos muito show. Lá, o samba pegou feito doença, febre. Os moleques novos usam chapéu de palha, calça branca”, observa. O cantor atribui o hiato com a cidade natal à saída de uma grande gravadora.

“Saí da Warner e parei de tocar nas rádios do Rio, que só tocavam esse pagode moderno. Hoje, eu mesmo vendo meu DVD ‘Reinaldo e Convidados’ e a minha versão de ‘Fé em Deus’ é executada nas rádios”, festeja ele, que voltou a bater ponto em palcos cariocas. “Venho uma vez por mês ao Rio e fico de sexta a domingo”.

Reinaldo já sabe como retribuir o carinho de seus conterrâneos. “Meu próximo CD e DVD ao vivo será feito no Parada da Lapa. Também quero gravar em rodas de samba, como o Criolice, de Padre Miguel, e o Quilombo, no Irajá”, anuncia.




VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados