Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Salgueiro: David Corrêa escreve samba-enredo e quer participar das eliminatórias

Publicado em 08 de agosto de 2010

Isaac Ismar

Autor de diversos sambas-enredo vitoriosos, entre eles “Das Maravilhas do Mar”, “Skindô, Skindô” e “Atrás da Verde e Rosa só Não Vai Quem Já Morreu”, David Corrêa espera voltar a disputar uma eliminatória no Salgueiro. É que o compositor, portelense de coração, está empolgado com o enredo “Salgueiro Apresenta: O Rio no Cinema”.
- O enredo do Salgueiro é muito bom. O Renato Laje sabe ter boas sacadas para que as pessoas prestem atenção no Salgueiro. É uma escola convidativa e diferente. Aqui não prevalecem os sambas de escritório. Vale a pena participar do concurso – disse.
Pouca gente sabe, mas o compositor começou a escrever sambas no Salgueiro, quando Osmar Valença presidia a agremiação tijucana. Este ano, ele pretendia assinar a obra com um colega que integra a ala de compositores do Salgueiro, mas houve uma discussão entre os dois e a parceria nem chegou a nascer.
- O cara disse que perdeu um samba pra mim na Vila Isabel em 86 por causa do Guimarães. É recalcado. Em qualquer escola quem define o samba campeão é o presidente. Ele ficou relembrando o passado, não gostei e dispensei a parceria. O Martinho da Vila também perdeu naquele ano e cantou comigo na Sapucaí – relembrou.
David, de 73 anos de idade, busca o investimento prometido por um amigo argentino para bancar os gastos no longo período de eliminatórias na quadra.
- A minha parte do samba está pronta, mas falta aparecer a grana para os gastos das eliminatórias. Precisamos de pelo menos R$ 30 mil – contou.



VOLTAR

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados