Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Tijuca, Vila Isabel e Beija-Flor são as favoritas ao título

Publicado em 08 de março de 2011

Rio – Paulo Barros, Martinho da Vila e Roberto Carlos não terão uma apuração tranquila nesta quarta-feira. Tudo porque, após uma maratona de 12 desfiles, Unidos da Tijuca, Vila e Beija-Flor brilharam mais e agora são as favoritas ao título do Carnaval 2011. Mangueira, Porto da Pedra, Imperatriz e Mocidade também fizeram bonito e vão brigar para voltar no Desfile das Campeãs. O Salgueiro tinha tudo para levar o título, mas estourou em 10 minutos o tempo regulamentar e não deverá aparecer entre as primeiras. Já a Portela decepcionou e fez o pior desfile de todo o Grupo Especial. Por causa do incêndio que atingiu a Cidade do Samba, nenhuma agremiação será rebaixada para o Grupo de Acesso A.

Tijuca e Vila: as melhores da primeira noite
Unidos da Tijuca e Vila Isabel foram as melhores da primeira noite do Grupo Especial. A escola de Paulo Barros provou que a inovação e a criatividade são as receitas para conquistar o público e os jurados. Com um enredo que tratava sobre o medo no cinema, o artista levou as arquibancadas ao delírio em vários momentos. No fim, muitos gritos de “É Campeã”.

A Vila Isabel fez um passeio pelas civilizações antigas para contar a história dos cabelos. Completando 40 anos de Avenida, a carnavalesca Rosa Magalhães fez valer seu talento ao apresentar o melhor conjunto de alegorias e fantasias da noite. Bastante organizada, a Vila fez um desfile bem compacto e também brigará pelo título.


Beija-Flor – Homenagem ao Rei levanta Sapucaí na segunda noite
Última escola a desfilar, a Beija-Flor levou para a Sapucaí a vida e a obra do cantor Roberto Carlos. Bastante sorridente, Roberto Carlos veio na última alegoria, usando camisa azul e calça branco, e foi bastante aplaudido. Nas alegorias, a azul e branco relembrou momentos da vida do Rei e os grandes sucessos.

O conjunto de alegorias impressionou pelo tamanho, mas pecou no visual. Os problemas na comissão de Carnaval, que deverão culminar com a saída de Alexandre Louzada, deixaram nítida a certeza de que a diretoria terá que repensar sua diretriz. Faltou qualidade no acabamento dos carros, o que há muitos anos não era visto na agremiação. Já nas fantasias, a proposta de mudança de estilo pretendida, teve mais efeito.


VOLTAR


Este artigo recebeu 2 comentários


Faça um comentário

Campos com (*) são obrigatórios

Seus dados
Comentário

Copyright © 2010 - quintaldosamba.com - todos os direitos reservados